Pesquisar este blog

terça-feira, 7 de julho de 2009

Poema para Ruth



Ruth é planta,flor,perfume
tão entranhada na natureza
que a gente até sente ciúme.

Ruth com prazer pegaria
a casca dourada dos dias
pra fazer artesanato.

Juntava as raízes,os cipós e os gatos
levava os amores,frutos e cores
pra morar no meio do mato.


Por dentro ela é guerreira
por fora é toda festa
Com seus meneios de santa
e sua fala modesta.

Mãe,sábia,sacerdotiza
sabe tudo e ri do mundo
e a gente brinca:ela não presta!

Raio,União,Tesão,Hombridade
a ruth é a Ruth
qual a novidade?
Ruth é planta,flor,perfume
tão entranhada na natureza
que a gente até sente ciúme...

Cachoeira de emoção
Corrente de água marinha
queda dágua,turbilhão.

Claras águas de ribeirão
Concha,mar,areia
Ruth mulher,Ruth sereia.

Sossega teu coração
que até o dente de leão
desabrocha ante teu olhar.

Sossega teu coração
até mãe terra
vem te amparar...

Tua casa,teu reino,

teu canto de enamorar
Tem o selo da alegria
proteção de Iemanjá.

Tuas mãos tem parceria
produzem ervas e magia
e doçuras pra quem chegar...

(Edilene Santos)

Nenhum comentário:

Postar um comentário